Eddie Daniels

eddie daniels clarinete  

Eddie Daniels (nascido em 19 de outubro 1941) é um prolifico músico americano. Apesar de ser conhecido como um clarinetista de jazz, ele tocou tambem musica erudita, saxofone alto, tenor e flauta..
            Ele nasceu em Nova Yorque, oriundo de uma familia judia. Eddie cresceu em Brighton Beach, próximo ao Brooklin e começou a se interessar pelo jazz ainda adolescente, quando ficou impressionado pelos musicos que acompanhavam Frank Sinatra nas gravações que ouvia. Seu primeiro instrumento foi um sax alto, e com a idade de 15 anos ele tocou na competição para jovens do Festival de Jazz de Newport. Quando entrou para o ensino médio, começou então a tocar clarinete.
            Eddie chamou a atenção do publico de jazz como um saxofonista tenor, junto à Thad Jones- Mel Lewis Orquestra. Quando Thad e Mel organizaram sua banda em 1966, para tocar nas noites de segunda no Village Vanguard em Nove Yorque (onde ainda toca), Eddie foi o primeiro músico que eles chamaram.
Após aquele ano, foi a Viena para participar da Competição Internacional de Jazz Moderno, concurso este organizado por Fredrich Gulda e patrocinada pela cidade de Viena. Ganhou o primeiro lugar, tocando saxofone. Continuou trabalhando com Thad e Mel pelos anos seguintes, excursionado com eles pela Europa constantemente.
            Daniels excursionou e gravou com uma grande variedade de grupos, desde pequenos até grandes orquestras e teve inúmeras aparições na TV. Desde 1980 ele se dedicou principalmente ao clarinete. Em 1989, ganhou um Grammy por sua interpretação de “Memos of Paradise” de Roger Kellaway.
Tocou com Thad Jones, e mais recentemente tem atuado como artista convidado no album “Swingin’ For The Fences” o primeiro álbum da “Gordon Goodwin’s Big Phat Band”.  Foi destaque no mais novo album desta banda, “The Phat Pack”,  na faixa “Under The Wire”.
Uma  faixa gravada com clarinete solo com a Thad Jones-Mel Lewis orchestra, "Live at the Village Vanguard",  chamou a atenção dos criticos e o fez ganhar o Downbeat Magazine’s International Critics New Star na categoria Clarinet Award. Esta conversão para o clarinete não foi nova, pois Eddie começou a estudar o instrumento aos 13 anos e recebeu seu diploma em clarinete da Julliard. Ganhando  numerosos Grammy e indicações, Eddie Daniels revolucionou o conceito de Jazz e Erudito.

Ele é como um músico renascentista, um virtuoso tanto no jazz quanto no erudito,
recebedor de não reservados elogios de seus pares, de criticos, e do público. A maior ambição de Eddie é alcançar com sua música o máximo de pessoas possível, para aumentar tanto o público de jazz quanto o de música erudita, ao mesmo tempo que acaba com as fronteiras entre esses estilos. Nas suas mãos, a música de Mozart pode ser tão atraente quanto a música de Charlie Parker e um concerto onde aparece ambos pode ser uma experiência recompensadora para o público.

 

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 94 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: