Ajustes de palhetas de clarinete

Preparação de palhetas e ajustes finos

Palheta Clarinete
1.) Palheta muito mole
:
Você pode tentar colocar a braçadeira um pouco mais afastada em direção a junção para ver se ela fica um pouco mais dura. Se isto funcionar corte um pouco a ponta com um cortador de palhetas apropriado.
Corte um pouquinho de cada vez. Um outro remédio seria lixar a palheta pelo lado inferior como lixa 400, do meio dela em direção a ponta, concentrando a pressão na ponta do dedo. Isto fará com que a abertura aumente um pouco ficando um pouco mais duro de soprar.

2.) Palheta muito dura:
Neste caso você deve polir a parte inferior da palheta (esfrega-la contra um vidro plano, por exemplo) de modo a remover as pontas das fibras que estejam saltadas.
Este procedimento reduz também o ruído provocado pela passagem do ar. Se ela continuar dura, a superfície indicada no desenho deverá ser lixada. Lixe simetricamente os dois lados da palheta com uma lixa de junco em movimentos
circulares, tomando cuidado para não tocar no coração tornando a palheta mole demais.

Depois de lixar o suficiente equilibre a palheta soprando e verificando se ela vibra livremente dos dois lados. Isto é feito inclinando a boquilha para a esquerda e depois para a direita. Se não acontecer é sinal que um dos lados ainda
está espesso.

Palheta Clarinete


3.) Má resposta no registro grave:
A ponta da palheta está muito espessa. Lixe um pouco a superfície superior tomando cuidado para não lixar a área do coração.

4.) Má resposta no registro médio:
Você deve remover um pouco da cana conforme o desenho. Esta é uma operação delicada (use uma lixa de junco). Faça vagarosamente tomando cuidado para não remover material da ponta deixando a palheta mole e frágil.Teste sempre após
remover um pouco.

Palheta Clarinete

5.) Má resposta no registro alto:
Á área desbastada ou a palheta inteira pode estar muito longa . Também suas laterais muito finas. Subaum pouco a numeração da palheta, ou troque de marca.

6.) Má resposta no estacato:
A área em torno da ponta da palheta não está balanceada, para que ela vibre livremente. Faça o procedimento para balancear.

7.) A palheta é muito curta e muito difícil de soprar:
A palheta provavelmente está empenada. Lixe a parte inferior, tomando cuidado com ponta para não deixa-la muito fina.

Você pode também raspar as laterais conforme o desenho ou ainda lixar a área ao redor da ponta, afinando um pouco.
Este procedimento aumentará a abertura facilitando a emissão.

Palheta Clarinete

8.) A palheta fica muito aberta:
Deve-se polir a parte inferior. Se isto não resolver lixe a palheta pelo lado inferior começando do centro para a ponta.

9.) Melhorando a modulação e entonação:
Lixe as bordas em movimento circular, como mostra o desenho ao lado utilizando uma lixa de junco.b

Palheta Clarinete

10.) A palheta produz um chiado ao se tocar :
Este problema geralmente desaparece após alguns dias de prática.Se não desaparecer, a área do corte deve ser polida e possivelmente a parte inferior ser levemente lixada.

11.) A palheta produz um som suspirado:
Os cantos da palheta estão muito espessos e devem ser levemente afinados.

12.) A palheta produz leves apitos:
Se isto está acontecendo provavelmente a ponta da palheta está muito fina. Para corrigir corte a ponta com um cortador de palheta apropriado. Também verifique se a palheta não está trincada na ponta o que causa vibrações indesejadas em freqüências muito altas.

13.) A palheta produz um som “rachado”:
A palheta está com pouca cana na área do coração, ou com a ponta extremamente fina.

Dicas:
Para polir a parte do recorte, pequenos desbastes, balanceamento eu uso Lápis Borracha, pois dependendo do lugar onde você se encontra é difícil achar a lixa de junco no comércio Para cortes mais profundos ou raspagem, uma ferramenta barata seria a velha Gilette, por sinal ótima para remover cantos vivos das palhetas que machucam os lábios.
No caso de raspagem com Gilette, após concluir o trabalho, sempre dê um polimento no local raspado com o lápis borracha, para remover eventuais pontas de fibra de cana que podem cortar os lábios.

Eduardo Weidner

2 responses to this post.

  1. Posted by CARLOS DE CASGTRO TAVARES on setembro 7, 2011 at 3:17 pm

    MUITA BOA AS DICAS , É DE MUTO ÊNFASE PRA QUEM QUER TIRAR UM BOM SOM, E SOLUCIONAR ESSES PROBLEMINHAS QUE AS PALHETAS OCASIONAM

    Responder

  2. Fiquei contente quando vi um artigo que escrevi há alguns anos para um site, ainda esteja sendo útil.

    Braçododu

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: