Archive for novembro \25\+00:00 2009

Jimmy Giuffre

image image

James Peter Giuffre (nascido em Dallas, Texas, em 26 de Abril de 1921) é compositor, arranjador,  saxofonista e clarinetista.


Giuffre ficou conhecido primeiramente como arranjador da big band de Woody Herman, para quem escreveu o celebrado “Four Brothers” (1947). Ele continuou durante sua carreira a escrever criativamente, com arranjos não usuais.
Ele foi um membro do grupo de Shorty Rogers antes de iniciar carreira solo. Tocou clarinete (seu principal instrumento), bem como sax tenor e barítono. Seu estilo é único e incomparável, sendo um músico autodidata, influenciado provavelmente por Lester Yong. Suas primeiras músicas foram algumas vezes classificadas de cool jazz, e Giuffre foi a figura central do West Coast Jazz.
Seu primeiro trio era formado pelo guitarrista Jim Hall e o baixista Ralph Pena (substituído posteriormente por Jim Atlas). Eles tiveram um pequeno sucesso em 1957, quando a musica de Giuffre “The Train and the River” apareceu no especial de televisão “O Som do Jazz” . Este trio explorou o que Giuffre chamou de “jazz blues baseado em música folk” Este mesmo programa de TV promoveu o encontro entre Giuffre e o clarinetista Pee Wee Russel para uma despojada jam session entitulada simplesmente “Blues”.

Quando Atlas deixou o trio, Giuffre o substituiu por um trombonista chamado Bob Brookmeyer. Esta formação não usual foi em parte inspirada em Claude Debussy. O grupo pode ser visto no filme Jazz on a Summer Day, fimado em 1958 no Newport Jaz Festival.
Em 1961, ele formou um novo trio com o pianista Paul Bley e o baixista Steve Swallow. Este grupo recebeu recebeu pouca atenção enquanto estava ativo, mas depois foi citado por fãs e músicos de jazz como um dos mais importantes grupos da história do jazz. Eles exploraram o free jazz, não de uma maneira agressiva como Albert Ayler ou Archie Shepp, mas de modo silencioso, com foco na música de câmara. As explorações do trio no ca
mpo da harmonia, melodia e ritmo ainda causam impacto no jazz. Thom Jurek escreveu que as gravações do trio são “um dos mais importantes documentos sobre o outro lado do jazz dos anos 60.”

Giuffre, Bley e Swallow exploraram completamente a música improvisada, muitos anos à frente do boom da “improvisação livre” na Europa. Jurek escreve que “Free Wall”, sua última gravação: “era uma música radical, e ninguém, literalmente ninguém, estava preparado para ela e o grupo dissolveu-se logo, numa noite onde eles receberam apenas 35 centavos por pessoa após uma apresentação.”
No começo dos anos 70, Giuffre formou um novo trio com o baixista Kiyoshi Tokunaga e o baterista Randy Kaye. Ele incluiu instrumentos como a flauta baixo e o sax soprano ao seu arsenal. Posteriormente adicionou o tecladista Pete Levin e substituiu Tokunaga pelo baixista Bob Nieske. Esta nova formação gravou três álbums para o selo italiano Soul Note.
Também durante os anos 70, Jimmy foi contratado pela Universidade  de Nova York para liderar seu grupo de jazz, e lecionar sax e composição.

Nos anos 90, continuou lecionando e tocando. Ele gravou com Joe Mcphee, e reviveu o trio com Bley e Swallow (que trocou o baixo acústico pelo elétrico, dando uma nova sonoridade ao grupo). Em meados dos anos 90, Giuffre lecionou no Conservatório de Música de New England . Atualmente sofre da Doença de Parkinson e parou de tocar.

image

Clarineta, um instrumento transpositor

O clarineta pertence a um grupo de instrumentos chamados transpositores, o que, em poucas palavras, pode ser resumido da seguinte forma: A nota escrita (na partitura) é diferente da nota verdadeira: isso por causa da afinação própria do instrumento. Sendo imageassim, é necessário que haja uma transposição de notas para que o clarinete toque no tom real da música. Isso trouxe facilidade aos músicos, pois, a clarineta possui uma extensão de notas muito grande. As clarinetas mais comuns são os instrumentos em Si bemol e em Lá. O instrumento em Dó, raramente usado hoje, era muito utilizado na orquestra clássica e pré-romântica (Mozart e Beethoven). Há, também, os clarinetes mais agudos, também conhecidos como requinta em Mi bemol, raramente encontrados em Ré (Richard Strauss e Stravinsky), e as clarinetas mais graves, como as clarinetas alto em Mi bemol, a clarineta baixo em Si bemol e a clarineta contrabaixo em Si bemol. Aparentado com o clarinete, é o cor de basset, afinado em Fá. Enquanto as bandas militares dão preferência à clarineta alto, as orquestras sinfónicas dão preferência ao cor de basset.

Particularidades do Clarinete

oboéA clarineta possui semelhanças com o oboé, mas difere deste no que diz respeito à sua forma (o oboé é cônico, e a clarineta é cilíndrica); no timbre (o oboé é rascante, anasalado e penetrante, enquanto a clarineta é mais aveludada que penetrante, menos rascante e mais encorpada); e na extensão de notas (o oboé possui a menor extensão de notas dentre os sopros, enquanto a clarineta, a maior). Essas diferenças se dão principalmente pela forma cilíndrica da clarineta e do uso de apenas uma palheta, enquanto que no oboé, no fagote e no corne ingês (também membros das madeiras) se utiliza uma palheta dupla.fogote

Os clarinetistas atualmente compram suas palhetas, e fazem os ajustes necessários artesanalmente a fim de corrigir as imperfeições destas, para adequá-las à sua própria anatomia e necessidade de som. A palheta é fixada na boquilha por meio da braçadeira, que funciona como um prendedor, onde o clarinetista manipula a força e intensidade com que a palheta está presa na boquilha. Via de regra, a palheta não pode estar demasiadamente frouxa e nem excessivamente apertada.

Embora o processo descrito acima, sobre o uso da palheta nas saxofoneclarinetas, também seja usado no saxofone, não podemos confundi-lo! O saxofone nasceu da clarineta e, por isso, apresenta mecanismos semelhantes, mas a embocadura da clarineta é muito mais tensa e trabalhosa do que a embocadura exigida no saxofone. E isso é muito nítido ao comparar a execução de um saxofone e de uma clarineta. Inclusive, muitos músicos que querem aprender a tocar saxofone, também optam por aprender primeiramente, ou paralelamente, a clarineta.

 

clarinete